A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Rio de Janeiro (Abrasel RJ) lançou uma cartilha com recomendações para o retorno das atividades após a pandemia da Covid-19. A previsão é que o retorno aconteça na capital em 2 de julho, mas a retomada já foi autorizada pelo governador Wilson Witzel em todo o estado.

O documento da entidade destaca a importância do distanciamento de, no mínimo, quatro metros entre pessoas nos estabelecimentos. O presidente da Abrasel-RJ, Pedro Hermeto, esclareceu que essa regra é para ser observada em relação à área total de ocupação do restaurante. “Por exemplo, se a gente tem uma área de 40 metros quadrados, nós só vamos poder sentar dez pessoas ali. Mas podem ser duas meses de cinco pessoas cada”.

A respeito dos cardápios, se não for possível abolir o menu físico, o estabelecimento pode preparar um modelo plastificado, que possa ser higienizado após o uso. Outra ideia é ter um cardápio digital, que o cliente pode acessar por celulares.

Bares e restaurantes deverão reforçar as boas práticas também na cozinha, reservando espaço para a higienização prévia dos alimentos crus, como frutas, legumes e verduras. A cartilha também sugere que álcool em gel 70% deve ser disponibilizado e comandas individuais em cartão devem ser higienizadas. Do mesmo modo, deve ser reforçada a higienização do piso e de superfícies com produtos adequados.

O estado do Rio tem 15 mil bares e restaurantes associados à Abrasel RJ, sendo 10 mil na capital. O setor gera 170 mil empregos diretos no estado, dos quais 110 mil são no município do Rio de Janeiro.

Convidada a participar de um grupo de estudos formado pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur) para discutir as regras do retorno, a Abrasel RJ encaminhou a cartilha com regras extraídas de recomendações e orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “E ela acabou servindo, em grande parte, de modelo para as regras que foram anunciadas no dia 2 pela Setur”.

Selo de qualidade
As regras para a retomada preveem, através de uma auto-declaração, a possibilidade das empresas que se adequarem às normas receberem um selo de qualidade. A cartilha da Abrasel foi elaborada por um grupo de estudos integrado por epidemiologistas, cientistas e empresários do setor de bares e restaurantes.

As informações envolvem desde a organização espacial dos estabelecimentos até a maneira de realizar os pagamentos. O material é gratuito e está disponível no site da Abrasel RJ.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui