O ministério da Saúde liberou a utilização da cloroquina em crianças e gestantes. A decisão acontece apesar de, nos Estados Unidos, autoridades locais terem revogado a licença para utilização do medicamento.

A secretária de gestão do trabalho e na saúde, Mayra Pinheiro, afirma que no Brasil o protocolo de utilização da cloroquina será, inclusive, ampliado. Segundo ela, nos EUA a diferença é que o medicamento estava sendo utilizado em casos graves e, no Brasil, a recomendação é usar logo nos primeiros sintomas.

Em meio à retomada das atividades comerciais e discussão em torno da reabertura de bares e restaurantes, o secretário executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, reafirmou que a pasta apenas orienta, uma vez que a flexibilização das medidas de isolamento dependem de avaliação dos gestores locais.

A secretária Mayra Pinheiro afirmou também que na avaliação do governo, a curva da contaminação pelo coronavírus parece estar diminuindo. Segundo ela, atualmente já é possível ver a redução por leitos de internação em UTIs. Para comprovar a tese, no entanto, o governo promete divulgar novas informações nas próximas semanas.

O último balanço do ministério da saúde, divulgado na segunda-feira (15), mostra que o Brasil já registrou 888.271 casos da Covid-19 e 43.959 óbitos causados pela doença.

*Com informações da repórter Luciana Verdolin

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui