Alec Baldwin foi uma das celebridades de Hollywood que decidiu não aderir ao movimento #BlackOutTuesday. Ao invés de compartilhar a habitual imagem preta usada como forma de protesto por milhões de pessoas em todo o mundo, o ator, de 62 anos, tirou o dia para promover outros assuntos em sua conta oficial do Instagram. 

Confrontado por duras críticas por não ter aderido ao movimento que luta contra o racismo, Alec Baldwin reagiu… e inflamou ainda mais a polêmica.

Veja também: Mensagens de ódio levaram Billie Eilish ao colapso: “Eu quase me matei”

“Quanto à falta de sensibilidade percebida no #BlackOutTuesday, eu não fazia ideia sobre esse… dia nacional de qualquer coisa”, escreveu, deixando os seus seguidores furiosos. 

Pouco depois, a celebridade resolveu anunciar que tomou uma importante decisão: “Vou fazer uma pausa nas redes sociais por um tempo”, escreveu na legenda de um vídeo onde afirma que a sua presença online é uma forma de psicose.

Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por Alec Baldwin (@alecbaldwininsta) a 3 de Jun, 2020 às 10:15 PDT

Porém, não é certo que seja uma decisão definitiva. Horas depois, ele post um vídeo de um jardim onde escreveu a seguinte legenda: “A fazer uma pausa para cheirar as flores”.

Ver esta publicação no Instagram

Taking a break to smell the flowers. (Only posting contractually required promotions)

Uma publicação partilhada por Alec Baldwin (@alecbaldwininsta) a 3 de Jun, 2020 às 10:24 PDT

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui