O Dia dos Namorados desse ano vai ser diferente para casais como a Ana Maria Dias e o Lucas Imbimbo Gonçalves. Juntos há quase três anos, é a primeira vez que cada um vai passar a data na própria casa.

Os dois aderiram à quarentena imposta pelo governo do Estado de São Paulo devido à pandemia da covid-19, e não devem furar o isolamento por se preocuparem com a saúde de parentes e pessoas próximas.

“Pra ser sincera, não pensei em nada pro dia 12, provavelmente faríamos uma ligação e tentaríamos fazer algo juntos, mas o Lucas é mais ligado nessas coisas do que eu, então ele deve ter pensado em algo.”

E Ana Maria estava certa. “Eu que sou o mais romântico, pensei em algumas coisas. Como a gente tem uma tradição de conhecer hamburguerias, eu pensei em entregar um na casa dela e um na minha, e jantarmos juntos. Algo bem simples, mas que não passaria em branco.”

Com os bares e restaurantes ainda fechados, comer em casa é uma das únicas soluções — além das comemorações mais intimistas. E isso foi totalmente ao encontro da proposta da Sô Sollito, empresa de doces em São Paulo que tem a Camilla Sollito e sua mãe, Soraya, como sócias.

“A forma de consumir mudou muito e veio ao encontro da proposta e essência da Sô Sollito: valorizar momentos junto com quem amamos, mesmo que seja dentro de casa. Todos os nossos produtos têm um apelo muito afetivo, e nesse momento todos nós estamos precisando de um afago.”

Como a empresa não tem loja física, elas só trabalham com delivery e já conquistaram a confiança das clientes: a demanda dobrou nesse Dia dos Namorados. Um dos produtos de maior destaque é o Kit Fondue, uma adaptação da já conhecida “Festa na Caixa” que acontece há três anos.

“É um produto que propõe algo neste momento de isolamento social: uma sobremesa completa, do nível de muitos restaurantes incríveis, sem precisar sair de casa”, explica Camilla. O doce é ideal para casais que passam a quarentena juntos, mas também é muito escolhido como presente para quem está distante.

Um dos diferenciais neste ano na Sô Sollito é a parceria com a marca de lingerie Strappy Co, que recentemente lançou uma linha de produtos de sex shop, batizada de Pink Room. “Casou com o momento que estamos vivendo e, como temos muitas clientes e seguidoras em comum, foi a combinação perfeita”, disse.

Mesmo com a comemoração virtual, Ana Maria vai querer comemorar pessoalmente após a normalização das atividades. “Acho que depois disso tudo eu vou querer aproveitar o máximo de tempo que conseguir com ele, acho que as pequenas coisas se tornam mais especiais nesses momentos.”

“Toda essa situação de quarentena também faz a gente olhar pra essas datas com um novo olhar, antes era só sobre presentear o parceiro e agora parece ter outro tipo de significado pra mim”, disse Ana. “O importante é estarmos juntos, mesmo que distantes”, completou Lucas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui