Fechadas há quase três meses, as escolas particulares viram o rendimento cair de 30% a 50% em meio à pandemia do coronavírus. A inadimplência, os descontos e o cancelamento de matrículas são alguns dos principais fatores que estão deixando os colégios no vermelho.

Um levantamento feito pela empresa de pesquisa Explora mostrou que 95% das escolas já tiveram pelo menos 10% dos contratos cancelados. A representante da União pelas Escolas Particulares de Pequeno e Médio Porte, Patrícia Alves, que pediu o estudo, diz que os pais também foram atingidos pela pandemia.

A pesquisa ouviu donos de quatrocentos colégios em 83 cidades de todo o país. De acordo com o estudo, houve pouca variação nos resultados entre as diferentes regiões pesquisadas, o que, segundo ele, reforça a “situação de emergência”.

*Com informações da repórter Nicole Fusco 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui