O estado de São Paulo registrou a primeira redução no número de mortes semanais por coronavírus, mesmo após alta no interior. A melhora se deve aos dados da capital paulista. A 24ª semana da pandemia, que se encerrou no dia 13 de junho, teve 1.523 óbitos pela Covid-19. Nos sete dias anteriores, os registros apontavam 1.526 falecimentos pela doença.

A diminuição é registrada a despeito da elevação de falecimentos no interior, que representava 16% do total do estado no fim de maio, e passou para 18% após 14 dias. Até agora, há mais de 180 mil casos registrados; a projeção feita pelo governo é de até 290 mil no final do mês de junho ou 235 mil, no melhor cenário.

O modelo também prevê de 15 mil a 18 mil óbitos, a marca atual já supera 10 mil. Poderiam ser 65 mil se não houvesse o isolamento.

O governador João Dória indica que embora tenha havido melhora no panorama, lembra que ainda está em vigor a quarentena e a recomendação para quem puder ficar em casa.

Lembrando que a capital e Grande São Paulo já permitem a reabertura do comércio de rua, de shoppings, de concessionárias e imobiliárias, todos seguindo as regras com restrições. Os efeitos desta medida devem ser sentidos, pela estatística em até duas semanas.

*Com informações do repórter Daniel Lian

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui