SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Felipe Neto, 32, fez questão de comentar a declaração do jornalista Leo Dias, do Metrópole, feita em uma entrevista ao portal Gay Blog BR, em que o comunicador o chamou de “gay mais inteligente do Brasil”.

O Youtuber, que é declarado heterossexual, usou sua conta do Twitter para rebater as repercussões negativas que a fala de Dias estava ganhando na internet por alguns internautas.

“Nada no mundo me incomoda menos do que ser chamado de gay”, escreveu Neto, que também disse que era uma ofensa de bolsominion, “apelido” dado aos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Considero o mesmo que me chamar de ‘goiabeira’, ou ‘bibliotecário’. Só é ofensa, ou algo pejorativo, na mente de bolsominion”, concluiu.

Em resposta ao tuíte do influenciador, o coordenador nacional do PPS Diversidade no Senado, Eliseu Neto, comentou que toda hora alguém o questionava sobre a sexualidade do YouTuber. “Virei dono da carteirinha do clube”, brincou.

Felipe Neto pediu para que o ativista falasse que ele era gay. “Tu vai falar ‘não’ aí a pessoa vai falar “ah, eu acho que é”, aí tu vai falar: “mas ele tem namorada”, a pessoa vai falar “ah vários gays são casados com mulheres”. É mais rápido falar “é, é sim” e deixar a pessoa seguir a vida”, escreveu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui