SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O marido de Joe Exotic, 57, Dillon Passage, 22, revelou que o astro do documentário “Tiger King” (Netflix) está “em perigo” na prisão. O ex-dono de um zoológico de tigres está cumprindo uma sentença de 22 anos depois de ser considerado culpado de uma tentativa de assassinato contra Carole Baskin, ativista pelos direitos dos animais.

Ao programa The Sunday Project, Dillon afirmou que Joe está em regime de isolamento na prisão há quatro meses, e que não consegue visitar seu marido.”Nós só conversamos quando ele está conversando com seus advogados”, disse. “É uma punição cruel e incomum ao máximo, com certeza”.

Dillon ainda disse que só conversou com o marido seis vezes desde que o documentário foi ao ar na Netflix. “Ele não está indo bem. Ele não pode entender e se manter atualizado do que está acontecendo por aqui”, acrescentou.

Ele ainda relembrou a declaração de Joe, que disse que “estará morto em dois ou três meses” se não puder sair da prisão, e afirmou que está perdendo peso, pedindo “um milagre” ao presidente Donald Trump.

“Tiger King”, um documentário de sete episódios, tem sido um dos programas mais vistos na história da Netflix. A plataforma de streaming anunciou no final de abril que em um mês 64 milhões de assinantes viram toda ou partes da minissérie.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui