O pai do menino que atirou, de 61 anos, foi preso. A situação ocorreu na Comunidade Espinheiro, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) vai investigar o caso
Reprodução/TVCA
Um menino de 3 anos morreu nesse domingo (7) depois de ser baleado no peito em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, o primo dele, de 11 anos, pegou a espingarda do pai e atirou acidentalmente no menino.
Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamada, mas a criança já havia morrido no local.
O pai do menino que atirou, de 61 anos, foi preso. A situação ocorreu na Comunidade Espinheiro.
Segundo a PM, a família afirmou que as crianças estavam sozinhas em casa. Os familiares ouviram o disparo e foram checar o que havia ocorrido. Eles encontraram a criança de 3 anos morta e o primo fugindo do local deixando a arma.
A espingarda foi apreendida e entregue à Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
O pai do menino disse aos policiais que a espingarda ficava perto da cama dele e era de fácil acesso.
Ele foi conduzido à delegacia e o caso é investigado pela DHPP. O menino de 11 anos ficou muito abalado e foi socorrido por familiares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui