Pessoas que confirmaram que dirigem mexendo no celular representam 23,7% dos entrevistados. O percentual é acima da média nacional, que é de 19%. Trânsito, Cuiabá, carros
Assessoria
Cuiabá é a terceira capital do país onde mais se usa celular no trânsito, conforme levantamento do Ministério da Saúde, por meio da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico.
As pessoas que confirmaram que dirigem mexendo no celular representam 23,7% dos entrevistados. O percentual é acima da média nacional, que é de 19%.
Motoristas da capital que dirigem mexendo no celular estão atrás apenas Rio Branco (23,8%) e Belém (24%).
“Ao utilizar o celular, comete-se uma infração média, passiva de R$ 130 de multa e quatro pontos na carteira, quando faz o uso do fone de ouvido, pois você não está o manuseando, mas está utilizando. A gravíssima é manusear ou segurar o celular no ato de dirigir”, disse o coordenador de Trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá, Lucimar Martins Sobrinho
A multa para que cometer a infração gravíssima é de R$ 293 e sete pontos na carteira.
É comum encontrar motoristas desrespeitando as leis de trânsito quando se trata de celular ao volante.
Falar no celular enquanto dirige aumenta os riscos de acidente, segundo especialistas.
“Fazer o uso do celular para mensagem ou ligação, dependendo da velocidade, em uma média de 60 km, por exemplo, você vai andar por 200 metros no ponto cego”, explicou Lucimar.
Segundo o coordenador, durante esses 200 metros, é possível que o motorista passe por outro veículo ou pedestre sem perceber.
“Você não coloca em risco somente a sua vida. Coloca em risco a vida dos outros também”, ressaltou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui