Cuiabá é o município com mais casos da doença: 1.6 mil até sábado (13). Prefeitura recebe 34 denúncias e fecha festa no primeiro dia de toque de recolher em Cuiabá
Assessoria
No primeiro dia de toque de recolher em Cuiabá, a prefeitura recebeu 34 denúncias sobre festas e aglomerações entre a noite de sábado (13) e a madrugada deste domingo (14). O decreto foi estabelecido pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) como prevenção ao coronavírus.
Cuiabá é o município de Mato Grosso com mais casos da doença: 1.6 mil até sábado.
Está proibida a circulação de qualquer pessoa no município no período entre 22h30 às 5h.
No primeiro dia de toque de recolher em Cuiabá, a prefeitura recebeu 34 denúncias sobre festas e aglomerações entre a noite de sábado (13) e a madrugada deste domingo (14)
Assessoria
De acordo com a prefeitura, os bairros com maior incidência de denúncias foram na região sul: Pedra 90, Parque Cuiabá e Jardim Industriário.
Na região da Grande Morada de Serra quatro estabelecimentos receberam orientações para que cumprissem o decreto. Os pedidos para veto das atividades comerciais foi atendido prontamente.
No total foram fiscalizados 27 bairros da capital.
No bairro Parque Geórgia, localizado na região sul, as equipes encontraram uma festa sendo realizada em espaço de eventos.
O responsável pela festa foi autuado em 609, já que promoveu evento para mais de trinta pessoas e nenhuma estava com máscara, como determina o decreto.
Toque de recolher
A medida é válida pelos próximos 16 dias.
Só será permitida a locomoção em serviços essenciais, como hospitais, clínicas veterinárias e odontológicas, farmácias, laboratórios, funerárias, serviço de segurança pública e privada, serviços de taxi e aplicativo de transporte individual remunerado de passageiros e profissionais da área da Saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui