SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, criticou a cantora Alcione em seu perfil do Twitter e afirmou que ela é “barraqueira que incita ao crime e à violência contra um negro que tem opiniões próprias”. Ele respondeu às críticas da cantora que, em participação numa live de Teresa Cristina, na terça (2), o chamou de “zé ninguém”.

“Eu ainda dou na cara dele, minha colega, para ele parar de ser um sem noção”, disse Alcione. “Alcione, vê se enxerga! Admiro Jessye Norman, umas das maiores cantoras de ópera da história da música, não uma barraqueira que incita ao crime e à violência contra um negro que tem opiniões próprias. Desprezo suas declarações, assim como sua insuportável ‘música’!”, escreveu Camargo na tarde desta quinta (4).

Veja também: Sérgio Camargo chama movimento negro de ‘escória maldita’

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui