Com o avanço da pandemia da Covid-19 e os longos períodos de isolamento social, a queda no consumo de etanol faz setor optar pela produção de açúcar, com mercado externo mais favorável.

O diretor técnico da Unica, União da Indústria de Cana-de-Açúcar, Antonio de Padua Rodrigues, ressalta o recuo de 33,5% em abril e o patamar próximo em maio, em pleno terceiro mês da safra.

Com a queda significativa da demanda durante a safra, o preço do etanol chegou a ser vendido a menos de R$ 2 nos postos. No entanto, nas últimas semanas, com afrouxamento do isolamento e a maior movimentação, o litro do biocombustível voltou a subir indicando tendência de alta nas próximas semanas.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui