Auxílio é válido para as famílias que tenham renda abaixo de nove salários mínimos, podendo ser comprovados com holerites ou documentos que mostrem a renda mensal recebida. Prefeitura cria auxílio para enterro de vítimas da Covid19
Amanda Perobelli/Reuters
A prefeitura de Campos de Júlio, a 692 km de Cuiabá, criou um auxílio funeral de R$ 9 mil para custear o enterro das vítimas da Covid-19 que moravam no município. A nova lei foi sancionada pelo prefeito José Odil da Silva (PP) na quarta-feira (17).
Com a nova lei, as despesas com o funeral e translado dos corpos das vítimas para Campos de Júlio ficam sob responsabilidade da Secretaria Municipal de Assistência Social.
No entanto, o auxílio deve cobrir apenas novos custos. Caso a família já tenho pago algum procedimento, o valor não será ressarcido, segundo a prefeitura.
Últimas notícias sobre o novo coronavírus em MT
O auxílio é válido para as famílias que tenham renda abaixo de nove salários mínimos, podendo ser comprovados com holerites ou documentos que mostrem a renda mensal recebida.
De acordo com a prefeitura, a cobertura das despesas será concedida exclusivamente para pessoas que moravam no município há pelo menos seis meses.
Para que o corpo seja transladado para o município, deve ser providenciado o acondicionamento em dois sacos impermeáveis, a desinfecção da parte externa do saco, o uso de câmara mortuária lacrada e profissionais com equipamento de proteção individual.
Até essa quinta-feira (18), Campos de Júlio registrava duas mortes e quase 50 casos confirmados da Covid-19, conforme boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).