Jovem se afogou última sexta-feira (25) em Jaciara. O corpo estava preso em uma fenda de aproximadamente 6 metros de profundidade. Fabricio de Jesus da Silva, de 22 anos, morreu afogado na Cachoeira da Mulata, localizado na MT-457, no Parque Cachoeira da Fumaça, em Jaciara
Facebook
O corpo do jovem Fabricio de Jesus da Silva, de 22 anos, que morreu afogado na Cachoeira da Mulata, localizado na MT-457, no Parque Cachoeira da Fumaça, em Jaciara, na última sexta-feira (25), foi resgatado nessa segunda-feira (28) pelo Corpo de Bombeiros.
O corpo estava preso em uma fenda de aproximadamente 6 metros de profundidade.
Bombeiros tentam resgatar corpo de jovem em Jaciara
Corpo de Bombeiros
O corpo foi localizado na tarde de domingo (27) e a equipe precisou realizar uma operação em uma área de extrema complexidade por ser uma região de cachoeiras. Além disso, o corpo ficou preso em um local estreito e submerso, entre as rochas, o que tornou o resgate ainda mais complexo.
A equipe de mergulhadores retomou a operação na segunda-feira. A estratégia foi a montagem de um dique de desvio da água para, posteriormente acessar a galeria onde a vítima foi sugada, em uma fenda de aproximadamente 6 metros de profundidade.
Também foi realizada uma divulgação massiva no município, visando à conscientização da população sobre os riscos de banho no local.
Foram feitos comunicados em emissoras de rádio e televisão locais, pois as hidrelétricas estavam fechando as comportas para reduzir a quantidade de água no local do resgate e, ao reabrirem estas comportas, as trombas d’água poderiam ocasionar novos acidentes.
O corpo foi retirado em uma operação que durou mais de 80 horas.