Lourival Tasca morava no sítio dele e foi encontrado com vida dois dias depois de ter sido espancado pelos criminosos, mas morreu no hospital. Lourival Tasca, de 81 anos, foi morto em sítio
Arquivo pessoal
Um casal foi preso nessa segunda-feira (21) suspeito de matar um idoso de 81 anos, no sítio de vítima, que fica no Assentamento Antônio Conselheiro, em Tangará da Serra. O crime aconteceu no dia 4 deste mês.
Segundo a Polícia Civil, o casal cometeu o assassinato para roubar uma televisão.
Lourival Tasca morava sozinho no sítio e foi espancado pelos criminosos, que usaram um pedaço de madeira para atingi-lo. Ele foi encontrado ainda com vida dois dias depois do crime e foi levado para um hospital em Tangará da Serra, onde morreu.
Os suspeitos fugiram e foram presos com a ajuda de policiais civis de Campo Novo do Parecis.
Em Campo Novo do Parecis, a mulher informou o local onde tinham escondido a TV roubada, que quebrou durante a fuga.
Os suspeitos conheciam a vítima, pois já haviam trabalhado para ele.
Eles foram até o local supostamente porque achavam que ele estava dormindo, mas quando entraram e, o encontraram acordado, bateram nele e roubaram a televisão. A vítima desmaiou e foi deixada no local.
De acordo com a polícia, o casal vai continuar preso à disposição da Justiça.
Eles já tinham passagens pela polícia por participação em outros crimes.