Medida começa neste sábado (13) e é válida pelos próximos 16 dias. Prefeitura de Cuiabá prevê medidas de prevenção ao novo coronavírus
Luiz Alves/ Secom Cuiabá
Os estabelecimentos de Cuiabá que permanecerem abertos entre 22h30 e 5h, horário determinado para o toque de recolher, poderão ser multados em R$ 609 e ter a atividade comercial suspensa. Conforme o decreto, esses comércios devem ser autuados e enquadrados pela infração de causar risco à saúde pública.
A medida começa neste sábado (13) e é válida pelos próximos 16 dias.
A Prefeitura de Cuiabá informou que o toque de recolher não visa penalizar as pessoas com multas ou prisão. Caso a pessoa for encontrada circulando pela cidade dentro do horário estabelecido será orientada a ir para casa, no entanto, havendo a explícita resistência ou desobediência poderá ser feita a condução do infrator à delegacia.
Últimas notícias sobre o novo coronavírus em MT
De acordo com a prefeitura, o plano de ação montado para prevenção e combate à Covid-19 prevê a intensificação da fiscalização nos bairros que até agora apresentaram maiores números de denúncias por descumprimento das medidas baixadas pelos decretos anteriores, e também nas regiões de maiores incidências de contaminação.
Só será permitida a locomoção em serviços essenciais, como hospitais, clínicas veterinárias e odontológicas, farmácias, laboratórios, funerárias, serviço de segurança pública e privada, serviços de taxi e aplicativo de transporte individual remunerado de passageiros e profissionais da área da Saúde.
Conforma o decreto, também está permitida a circulação de pessoas no horário previsto em casos de acesso a esses serviços essenciais, ou em casos de cidadãos em trânsito para o Terminal Rodoviário de Cuiabá ou Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande, região metropolitana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui