Cerca de 17,7 milhões de brasileiros não conseguiram buscar emprego no último mês de maio, em meio à pandemia do novo coronavírus no Brasil, informou nesta terça-feira (16) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os dados fazem parte da Pnad Covid-19, que traz dados sobre o impacto da pandemia na vida dos brasileiros. “Cerca de 17,7 milhões de pessoas (ou 23,7% da população fora da força) não procuraram trabalho por causa da pandemia ou por não encontrarem uma ocupação na localidade em que moravam. Na primeira semana analisada, esse contingente chegava 19,1 milhões de pessoas (25,1%)”, diz o instituto.

Segundo estimativas do IBGE, a população ocupada do país na semana de 24 a 30 de maio era de 84,4 milhões. Entre esses, 8,8 milhões (ou 13,2% dos ocupados) trabalhavam remotamente e 14,6 milhões (17,2%) estavam afastados do trabalho devido ao distanciamento social.

De acordo com o último boletim do Ministério da Saúde, o Brasil tem 888.271 casos confirmados de Covid-19 e o número de mortes se aproxima de 44 mil. O número de pessoas recuperadas da doença está acima 412 mil.