Laura Pires Surubi Corrêa, de 81 anos, ficou 12 dias internada em um hospital de Cáceres. Laura Pires Surubi Corrêa, de 81 anos, morreu de Covid-19 em Cáceres (MT)
Arquivo pessoal
Uma idosa de 81 anos morreu de Covid-19 após 12 dias internada em Cáceres, a 220 km de Cuiabá, na última segunda-feira (29). Segundo a família, Laura Pires Surubi Corrêa, não tinha doenças pré-existentes.
A neta da vítima, Kamilly Francielly Corrêa dos Santos, contou que a avó começou a sentir os primeiros sintomas no dia 2 de junho e foi levada ao hospital com falta de ar.
No local, foi realizado um raio x no pulmão dela e o resultado mostrou que já estava parcialmente comprometido. O médico de plantão passou medicação para que ela fizesse o tratamento em casa.
“No outro dia ela passou mal de novo. Levamos para o pronto-socorro. Ela tomou medicação e injeção e voltou para casa um pouco melhor”, contou.
Últimas notícias sobre o novo coronavírus em MT
Kamilly disse que, no dia 8 de junho, dia em que Laura completava 81 anos, a família precisou leva-la novamente ao hospital devido ao agravamento dos sintomas.
“Fez exames, o resultado deu um pouco alterado, mas a médica não especificou o que era. Ela voltou pra casa e aí a dor no corpo vinha e voltava. No último dia 17, ela disse que não aguentava mais e a levamos no médico de novo”, explicou.
Segundo a neta, a saturação da avó estava muito baixa. Após exames para Covid-19, o resultado deu positivo. Em seguida, Laura foi internada no Hospital São Luiz.
“Ela chegou bem no hospital, mas no outro dia a médica disse que ela passou mal e precisaram intubar ela”, disse.
Durante os 12 dias internada, segundo Kamilly, a avó não saiu da Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Na última segunda-feira, a família recebeu a notícia do hospital de que Laura tinha morrido.
“Era uma avó alegra, brincalhona. Era uma pessoa muito boa e gostava de ajudar as pessoas”, lembrou.
Segundo Kamilly, ela, a filha e outros dois tios que acompanharam a avó no tratamento testaram positivo para a doença.
Ela e a filha não apresentaram sintomas. Um tio dela morreu em decorrência da doença e a tia está internada.