A Justiça do Rio de Janeiro decretou a prisão preventiva de Pedro Vinícius de Souza Pevidor, acusado de matar o menino Enzo dos Santos, de 4 anos, no domingo (7) na cidade do Rio. A criança foi morta por um disparo de arma de fogo durante sua festa de aniversário, em Piabetá, na Baixada Fluminense.

A decretação da prisão foi feita pelo juiz Ivo Martins Caruso D’ippolito durante audiência de custódia de Pevidor, que estava preso em flagrante desde o dia do crime.

A polícia investiga se o disparo foi acidental ou se houve intenção de matar a criança. Segundo a Justiça, a prisão de Pevidor é necessária por haver “periculosidade concreta do custodiado”, já que ele permaneceu portando uma arma de fogo municiada em uma residência onde havia diversas pessoas, entre elas crianças.

* Com informações da Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui