Nesta terça (4), o total de infecções globais ultrapassou os 18 milhões de casos. Em todo o mês de julho, a Organização registrou quatro recordes mundiais de casos diários. Argentina tem um dos menores índices de mortalidade pela Covid-19 do continente, enquanto que Brasil e EUA têm os maiores.
JUAN IGNACIO RONCARINO/EPA
O mundo registrou nas últimas semanas uma média superior a 250 mil novos casos de coronavírus por dia e ultrapassou o total de 18 milhões de infecções nesta terça-feira (4), segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).
“Com mais de 18 milhões de casos relatados até hoje e novos casos aumentando, em média, 250 mil novos registros por dia, agora não é hora de ser complacente,” informou o boletim diário de registros globais da OMS.
Apesar do mundo registrar nesta terça o menor número de casos diários na última semana – foram 219.862 casos e 4.278 mortes – a OMS lembrou que não é hora de relaxar as medidas contra a transmissão da Covid-19.
“Com a abertura de algumas economias e países, a OMS continua instando o público a permanecer vigilante e a tomar as precauções para evitar a Covid-19, ao mesmo tempo em que pede aos países que testem cada vez mais e rastreiem os contatos para garantir que nenhum caso seja perdido e que todos tenham o tratamento adequado”, orientou a entidade no informe.
Desde o início da pandemia, cerca de seis meses atrás, o mundo registrou um total de 18.142.718 de casos e 691.013 mortes da Covid-19 em 216 países.
G1 em 1 Minuto: Brasil tem 95.078 mortes e 2.759.436 casos de coronavírus de Covid-19
Julho: mês de recordes
Em julho, a OMS registrou quatro recordes diários de novos casos, tendo sido o último registrado na sexta-feira (31), quando o mundo teve 292.527 casos e 6.812 mortes em 24 horas. Brasil foi o país na ocasião que mais registrou casos e mortes.
Novo coronavírus pode ter ficado por até 70 anos em circulação silenciosa entre os morcegos, aponta estudo
Reino Unido culpa população por novo surto de Covid-19 e impõe medidas de emergência
Fiocruz alerta para possível segunda onda de Covid-19 no Rio, no Ceará e no Maranhão
Os outros recordes de casos da Covid-19 registrados no mês aconteceram no dia 24 (284.196 casos), no dia 23 (mais de 247 mil casos) e no dia 17 (mais de 237 mil casos).
O recorde de mortes diárias foi registrado no dia 24 de julho, com 9.753 mortes no mundo em 24 horas.
Initial plugin text