A seção da Ordem dos Advogados do Brasil em São Paulo (OAB-SP) em conjunto com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e com a Associação dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen) vão ajudar brasileiros no acesso ao auxílio emergencial.

A vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-SP, Ana Amélia Mascarenhas, explica que pelo site da OAB as pessoas poderão emitir a certidão de nascimento e o CPF. “É possível preencher um formulário com as informações necessárias para que a Arpen localize o cartório de nascimento do solicitante e nos envie essa certidão de forma digitalizada que os órgãos, emissores de RG e CPF, irão aceitar.”

Para ter acesso ao site, agências dos Correios e do Cras estarão disponíveis para uso da internet. “É possível sensibilizar o Ministério da Cidadania que criou o cadastro assistido, que será encontrado em toda a rede CRAS e também nas agências dos correios onde essa pessoa, já com o seu RG, consegue realizar o seu cadastro para o recebimento do auxílio emergencial com computadores.”

Muitos brasileiros que dependem da ajuda do governo para viver durante a pandemia do coronavírus ainda não conseguiram sacar a parcela de R$600.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui