É possível utilizar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço nessa modalidade de compra O FGTS é um recurso muito utilizado para quem está em busca de amortizar o saldo devedor do consórcio. Outra possibilidade é pagar uma parte das parcelas com o valor do fundo de garantia.
Em um consórcio de imóveis, o saldo da conta vinculada ao FGTS pode ser uma ótima opção para antecipar o sonho da casa própria. Quem já tiver adquirido o imóvel pode usar o saldo do Fundo de Garantia no consórcio para amortizar o saldo devedor ou pagar alguma parte das parcelas do consórcio de imóveis. Neste caso, o valor que será debitado da conta não pode passar de 80% do valor total da prestação. O fundo ainda pode ser usado para uma oferta de lance ou para a complementação da carta de crédito.
Para amortizar, quitar o saldo devedor ou fazer o pagamento de parte das prestações do consórcio imobiliário, existem algumas condições determinadas pelo Agente Operador, a Caixa Econômica Federal. O próximo passo para o uso do fundo é verificar se todos pré-requisitos estão sendo respeitados:
Trabalhador
– o titular da conta não pode ser proprietário nem comprador de qualquer outro imóvel no mesmo local.
– a cota do consórcio usada para a compra do bem deve estar no nome do titular da conta que irá ser utilizada.
– o trabalhador deve ter três anos de trabalho sob o regime do FGTS. Podendo ser na mesma empresa ou lugares diferentes.
Imóvel
– o imóvel deve estar registrado no nome do trabalhador em um cartório competente.
– o imóvel adquirido a partir do consórcio não pode ser rural, deve ser obrigatoriamente residencial.
– o valor máximo de avaliação do imóvel não pode ultrapassar o limite estabelecido para as operações do SFH.
Outro fator que deve ser observado são os Intervalos mínimos para o uso do FGTS. Para aquisição ou construção, o imóvel adquirido com FGTS pode ter o fundo usado como recurso após 3 anos. Já nas categorias de amortização ou liquidação o intervalo é de dois anos entre cada utilização de FGTS. Por fim, o pagamento de parte das prestações, que pode ser utilizado novamente ao término do prazo de utilização.
Todas as operações citadas acima, como amortização, liquidação e abatimento de parte das mensalidades, podem ser feitas através de uma administradora. O Sicredi oferece segurança e diversos benefícios na hora de escolher um consórcio. Sendo a sexta maior administradora do país, tem taxas diferenciadas comparadas ao mercado. Os grupos são construídos de forma ágil e a carta de crédito é aceita em todo o território nacional. Quem escolhe o Sicredi tem ainda a facilidade do débito em conta e baixo índice de inadimplência, que garante a saúde financeira e contemplações acima da média do mercado. Além disso, o Sicredi preparou mais uma condição especial: até dezembro de 2020 os associados que adquirirem uma cota de consórcio terão desconto de até 20% na taxa de administração. Para saber mais e conhecer os Consórcios Sicredi, basta acessar o portal https://www.sicredi.com.br/consorcios/ ou conversar com o seu gerente.