Em Porto Alegre do Norte, União do Sul e Itanhangá os candidatos são os atuais prefeitos das respectivas cidades que buscam a reeleição. Candidatos dependem apenas do próprio voto para ser eleitos
John Pacheco/G1
Sete municípios de Mato Grosso têm apenas um candidato a vaga de prefeito nestas eleições, conforme dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Três deles buscam a reeleição.
Municípios que só tem um candidato:
Porto Alegre do Norte – Daniel Rosa do Lago (PDT)
Marcelândia – Celso Luiz Padovani (DEM)
União do Sul – Claudiomiro Jacinto de Queiroz (MDB)
Ponte Branca – Clenei Parreira da Silva (Pode)
Itanhangá – Edu Laudi Pascoski (PL)
Castanheira – Jakson de Oliveira Rios Junior (PT)
Salto do Céu – Mauto Teixeira Espindola (Solidariedade)
Em Porto Alegre do Norte, União do Sul e Itanhangá os candidatos são os atuais prefeitos das respectivas cidades.
Conforme a Lei das Eleições, será considerado eleito prefeito a pessoa que obtiver a maioria dos votos, não sendo computados os em branco e os nulos. No caso de municípios com apenas um concorrente, basta que o próprio candidato obtenha um único voto válido para ser eleito.
Na prática, os candidatos citados acima só precisam do próprio voto para ocupar a vaga de chefe do executivo municipal.
O primeiro turno das eleições será 15 de novembro e, nas cidades que precisarem, o segundo turno no dia 29 de novembro.