Pela segunda vez, desde que começou a ser feito o monitoramento por classificação de risco, nenhuma cidade de Mato Grosso está com risco muito alto, indicado pela cor vermelha, que indica alerta máximo de contaminação, ou amarela, que indica alerta moderado. Testagem de Covid-19 no Lacen
Geovana Albuquerque/Agência Brasília
O boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou nesta segunda-feira (28) aponta que todos os 141 municípios do estado configuram na classificação com risco baixo para o novo coronavírus.
Pela segunda vez, desde que começou a ser feito o monitoramento por classificação de risco, nenhuma cidade de Mato Grosso está com risco muito alto, indicado pela cor vermelha, que indica alerta máximo de contaminação, ou amarela, que indica alerta moderado.
O sistema de classificação que indica o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades.
Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana e os resultados são divulgados nos Boletins informativos da SES.
O estado registrou, nesta segunda-feira (28), 21 novas mortes. Desde o início da pandemia, já foram notificados mais de 121 mil casos e 3.423 mortes em decorrência da doença em Mato Grosso.